Papa fala da essência dos cristãos e reitera que Igreja é para todos

Papa fala da essência dos cristãos e reitera que Igreja é para todos
A essência do cristão é um convite à festa; a Igreja não é só para as pessoas boas, mas o convite a fazer parte dela é para todos. Na Missa desta terça-feira, 5, na Casa Santa Marta, essas foram as reflexões centrais do Papa Francisco.
 
As leituras do dia, segundo o Santo Padre, mostram a carteira de identidade do cristão. Ele lembrou que, antes de tudo, a essência cristã é um convite gratuito que vem de Deus. “O cristão é aquele que foi convidado a uma festa, à alegria de ser salvo, à alegria de ser resgatado, de participar da vida com Jesus. Esta é uma alegria”.
 
Citando a Carta aos Romanos, da Primeira Leitura, Francisco mostrou como esta é uma festa de unidade, para a qual foram convidados todos, bons e maus. O que se faz é uma comunidade com os diversos dons reunidos, pois cada um tem uma qualidade, uma virtude.
 
“A festa se faz levando aquilo que eu tenho em comum com todos. Participa-se da festa, totalmente. Não se pode entender a existência cristã sem esta participação. É uma participação de todos nós. (…) Ou você entra com tudo ou você fica de fora. Você não pode fazer uma seleção: a Igreja é para todos, começando pelos marginalizados”.
 
Mas conforme narrado no Evangelho do dia, o Papa observou que, depois de um tempo, os convidados começam a encontrar desculpas para não ir à festa. Estes, na verdade, são cristãos que se contentam em ficar na lista dos convidados, o que Francisco diz não ser suficiente, pois não participam da grande festa.
 
“Entrar na Igreja é fazer comunidade, comunidade da Igreja; é participar de tudo aquilo que temos das virtudes, das qualidades que o Senhor nos deu, no serviço de uns pelos outros. Entrar na Igreja é estar disponível àquilo que o Senhor Jesus nos pede”, explicou.
 
E em meio a isso tudo está a generosidade de Deus, capaz de entender mesmo aquele que recusa seu convite. Segundo o Pontífice, Deus entende estas pessoas e as espera, porque é misericordioso. “Peçamos ao Senhor esta graça: entender bem como é belo ser convidado à festa, estar com todos e partilhar com todos as próprias qualidades, como é belo estar com Ele”.
 
Fonte: Canção Nova Notícias


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!